Vestido Tubinho - A Modelagem é Uma Arte de Medidas Proporcionais

Vestido tubinho por Edna - Modelagem

As Características básicas do vestido tubinho é o corte reto e a modelagem ajustada à cintura, no decorrer dos anos o modelo sofreu algumas variações e também são encontrados com mangas longas, tomara que caia, manga curta, até nadador e regata. Os tecidos mais firmes e encorpados proporcionam melhor caimento para as peças.

Até meados do século XIX, a produção do vestuário era um trabalho manual: os alfaiates confeccionavam o vestuário masculino, enquanto as costureiras e as modistas serviam para o público feminino (LEHNERT, 2001, p.9).

Aluna Edna e seu pretinho básico no curso de modelagem e técnicas de costura.





O vestido tubinho foi criado pela estilista francesa e fundadora da marca Chanel. Gabrielle Bonheur Chanel "Coco Chanel", em meados de 1920, o modelo tinha linhas retas e decote quadrado.

Foi recriado por Yves Sant-Laurent e imortalizado por Givenchy, quando fez o modelo preto que foi usado pela atriz Audrey Hepburn no filme ‘Bonequinha de Luxo’, de 1961.

[...] Gabrielle Coco Chanel. Esta se tornou um dos grandes nomes da moda durante todo o século XX. O seu estilo “clássico” e o vestido “pretinho básico” permanece sendo tendência mundial de moda na atualidade. (Vera Lúcia Lins Soares)





Vestidos Tubinho






                             
               



Variações do Vestido Tubinho





tomara que caia























Um pouco de modelagem!
A modelagem é uma arte de medidas proporcionais. Além do conhecimento das medidas do corpo, é preciso que o modelista tenha noções de ergonomia, o que lhe permitirá a modelagem de roupas adaptadas à função do público consumidor. O estudo dos movimentos do corpo pode orientar modificações na modelagem, resultando num produto de qualidade superior (RADICETTI, 1999).

Cursos do Vestuário: Modelagem Corte e Técnicas de Costura

2 comentários: